22 de abr de 2009

Cem anos de Juscelino


Na foto, Tereza Cândida. Monumento a Juscelino em Orós - Ce

Cem anos de Juscelino
(Tarciso Coelho)

Juscelino Kubitscheck
sobrenome de Oliveira
viveu sem fazer besteira
e sem fundo não deu cheque
queira Deus que eu não peque
nem que seja brincadeira
na História Brasileira
o maior homem que existiu
foi ele e outro ninguém viu
em qualquer parte do Brasil

Hoje 100 anos completou
do dia em que veio ao Mundo
não esqueça um só segundo
do que ele ensinou
seja feliz e sempre alegre
a todos tendo respeito
e sempre sendo direito
embaixo do céu de anil
foi ele e outro ninguém viu
em qualquer parte do Brasil

Que bom se o político
que hoje quer mandato
assumisse um contrato
de defender o Brasil
honrando o voto que tivesse
jamais fosse ingrato
e como desiderato
honrado não fosse vil
foi ele e outro ninguém viu
em qualquer parte do Brasil

Vá votar com atenção
no regime democrático
seja um eleitor prático
se melhorar quer o mundo
não esqueça um só segundo
do grande Kubitscheck
que sem fundo não deu cheque
e o progresso garantiu
foi ele e outro ninguém viu
em qualquer parte do Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário